sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Resposta à pergunta 1

1. Por que os materiais cerâmicos fabricados com matérias-primas monodispersas são caros?

Resposta no meu conhecimento...

a. Os materiais monodispersos são caros. Os processos de fabricação dessas matérias-primas, sem muita dispersão do tamanho de partículas, são processos especiais, químicos em grande parte, que necessitam um controle apurado de cristalização até o tamanho desejado e também da forma. Métodos como sol-gel e Pechini, entre outros, são necessários para o refinamento desses materiais. Não é possível obter uma distribuição muito estreita ou quase inexistente de tamanho de partículas com os processos convencionais de cominuição.

b. Os processos de fabricação de materiais cerâmicos com essas matérias-primas também requerem um maior controle de diversos parâmetros para que se obtenham as propriedades desejadas. O fato de as partículas serem monodispersas, ainda em suspensões com aditivos, dificulta a obtenção de uma cerâmica com densidade próxima da teórica e também boas propriedades a verde. Materiais que sinterizam via fase sólida, ou que necessitam de sinterização sob pressão para adquirir as propriedades, entre outros, têm um valor agregado maior.

Resposta da literatura

...

Nenhum comentário:

Postar um comentário